carsulescritorio chicoalvoradamantei advocaciaCredi Missões eletron fortimobiliaria santa rosaESCRITÓRIO ZIMMERMANNamgsrSIND SERV MUNICIPAISAGRITECampliar assessoria atendimento pscicologicoposto royaleenphase
SSP já registrou ameaças a mulheres em 80% das cidades gaúchas em 2019
Mulheres foram ameaçadas em 80% dos municípios gaúchos nos dois primeiros meses de 2019 | Foto: Fabiano do Amaral / CP Memória
Mulheres foram ameaçadas em 80% dos municípios gaúchos nos dois primeiros meses de 2019 | Foto: Fabiano do Amaral / CP Memória
Apesar de número alto de localidades, indicadores criminais de violência contra a mulher seguem tendência de queda no Estado

Em média, a cada dez cidades gaúchas, em oito houve pelo menos um caso de ameaça a uma mulher somente nos primeiros dois meses deste ano. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), há 6.555 registros de ameaças somente neste ano no Estado – a maioria deles em Porto Alegre, que concentra pouco mais de 10% dos casos, num total de 682.

Das 497 cidades do Rio Grande do Sul, em 395 ocorreu pelo menos um registro de ameaça de 1º de janeiro até agora, índice que abrange 79% dos municípios. São, segundo a SSP, cerca de 100 novas ocorrências a cada dia que passa.

Algumas delas sequer são registradas e já se transformam em lesões corporais, crime que ocorreu ao menos uma vez em 302 cidades em janeiro e fevereiro de 2019, de acordo com o levantamento da SSP. No total, 3.848 ocorrências de lesão corporal foram oficialmente contabilizadas neste período.

Ainda elevada, a violência contra a mulher reduziu na comparação com o mesmo período do ano passado. Em 2018, foram 6.893 ocorrências de ameaças e 4.165 lesões corporais registradas nos meses de janeiro e fevereiro.

Os crimes de feminicídio – tentado e consumado – além dos estupros, estão em queda no RS. As estatísticas caíram tanto entre janeiro e fevereiro deste ano, quanto na comparação do mesmo período de 2018 com o de 2019. No entanto, 102 mulheres foram estupradas em fevereiro, além de uma ter sido vítima de feminicídio. No mês anterior, haviam sido 140 estupros e quatro mortes.

Fonte CP

Pesquisar no site
kprixo lavagemRW AUTO SOM
CAZEARTES Palletsamgsr
mugicada paz
cine globo