Credi Missões raths estetica automotivaeletron fortimobiliaria santa rosacentral do gás copa gazACADEMIA dragõesmecânica severoESCRITÓRIO ZIMMERMANNFlorence MotelCOLEGIO CONCORDIAoabamgsrSIND SERV MUNICIPAISAGRITECampliar assessoria atendimento pscicologicoposto royaleenphaseMetalurgica Marks
O que impede o emagrecimento?
Conforme especialista, não planejar a alimentação também é prejudicial para quem quer perder peso | Foto: Pixabay / Divulgação / CP
Conforme especialista, não planejar a alimentação também é prejudicial para quem quer perder peso | Foto: Pixabay / Divulgação / CP
As estratégias para emagrecer são várias, mas todas costumam falhar por um mesmo motivo: a dificuldade que as pessoas têm de mudar hábitos

Seguir uma dieta, iniciar atividades físicas ou até mesmo optar por cirurgia bariátrica. As estratégias para emagrecer são várias, mas todas costumam falhar por um mesmo motivo: a dificuldade que as pessoas têm de mudar hábitos. Construídos ao longo da vida, eles são difíceis de serem abandonados, mesmo que a pessoa tenha consciência que se trata de algo ruim para a saúde. A estrategista de emagrecimento Mari De Chiara, uma das responsáveis pelo Afine-se, método de emagrecimento que auxilia pessoas a eliminarem peso com estratégias baseadas em mudança de comportamento, destaca que é preciso estar atento. “Já acompanhei pessoalmente centenas de casos e posso afirmar que milagres não existem quando o assunto é emagrecimento. Se a pessoa não muda hábitos nocivos, inevitavelmente, volta a engordar”, afirma.

De acordo com a especialista, alguns comportamentos boicotam a perda de peso definitiva, entre eles, dormir pouco. “Dormir bem regula os níveis de grelina e leptina, hormônios que, respectivamente, regulam a fome e a sensação de saciedade”, explica Mari De Chiara. Esses hormônios, quando desregulados, afetam o controle do peso, pois a pessoa está sempre com fome. Não ter uma rotina de sono adequada, com pelo menos 6 horas por noite, atrapalha a perda de peso. Conforme Mari, “não planejar a alimentação” também é prejudicial. “Quem não planeja as refeições, perde o controle sobre a quantidade de carboidratos, proteínas e gorduras que ingere. Uma dica para quem come em restaurantes por quilo, por exemplo, é observar o que há disponível, planejar a refeição e depois entrar na fila para pegar os alimentos. Quando a refeição é feita em casa, a dica é planejar as compras da semana. Também vale a pena escolher um prato pequeno para servir a comida”, observa.

Alinhado com o planejamento das refeições, prestar atenção ao que se come é um hábito que deve ser praticado apesar das distrações. De acordo com um estudo da Universidade de Surrey, na Inglaterra, divulgado pelo Journal of Health Psychology, manter o foco na comida durante as refeições provoca maior sensação de saciedade. “Você deve se alimentar com calma para que seu organismo entenda exatamente quando está saciado”, indica. A mastigação dos alimentos é importante no processo da alimentação.

Fonte CP

Pesquisar no site
kprixo lavagemRW AUTO SOM
CAZEARTES Palletsamgsr
mugicada paz
cine globo