miro pcdobfernandoclaudio schmidtppjefersonsindicato dos servidores municipaisrodrigo burkleptbPSBsindisaudeunimedeletron fortimobiliaria santa rosacentral do gás copa gazACADEMIA dragõesmecânica severoESCRITÓRIO ZIMMERMANNFlorence MotelCOLEGIO CONCORDIAoabamgsrSIND SERV MUNICIPAISAGRITECampliar assessoria atendimento pscicologicoposto royaleenphaseMetalurgica Marks
Senado aprova aumentos salariais para STF e PGR
Projeto da Câmara vai a sanção presidencias e deve gerar despesas de R$ 4,1 bilhões | Foto: Jefferson Rudy / Agência Senado / CP
Projeto da Câmara vai a sanção presidencias e deve gerar despesas de R$ 4,1 bilhões | Foto: Jefferson Rudy / Agência Senado / CP
Projeto da Câmara vai a sanção presidencial e deve gerar despesas de R$ 4,1 bilhões

O Senado aprovou, nesta quarta-feira, os projetos de lei da Câmara que concedem aumento salarial para os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e para a procuradora-geral da república. Com 41 votos favoráveis e 16 contrários, além de uma abstenção, agora a questão precisa receber a sanção do presidente, Michel Temer.

Por 7 votos a 4, os ministros do STF decidiram, em agosto deste ano, enviar ao Congresso Nacional proposta para aumentar os próprios salários em 2019. Atualmente em R$ 33,7 mil, o salário vai para R$ 39 mil com reajuste de 16,38%.

O reajuste provocará efeito cascata nos salários do funcionalismo e deve gerar despesa de R$ 4,1 bilhões na União e nos Estados, já que o contracheque dos ministros é o valor máximo para pagamento de salários no serviço público.

Fonte CP

Pesquisar no site
kprixo lavagemRW AUTO SOM
CAZEARTES Palletsamgsr
mugicada paz
cine globo