alto uruguai emprestimosFlorence MotelsindisaudeCOLEGIO CONCORDIAcresoloabamgsrSIND SERV MUNICIPAISUniverso consultoria e representaçõesUniverso fabrica de chinelosAGRITECampliar assessoria atendimento pscicologicovida & saúde 82 anosposto royaleenphaseMetalurgica Marks
Túnel Literário encanta estudantes em Santa Rosa
Túnel Literário encanta estudantes em Santa Rosa
Túnel Literário encanta estudantes em Santa Rosa

Você já imaginou realizar uma viagem e conhecer as principais expressões literárias do Brasil, desde 1500 até aos anos atuais em pouco menos de 40 metros? Parece difícil, quase impossível, mas foi isso o que aconteceu para quase 800 pessoas na sexta-feira, dia 8, no Instituto Estadual de Educação Visconde de Cairu, em Santa Rosa.

Essa viagem foi o resultado de uma intervenção literária idealizada pelas alunas do curso de Letras – Língua Portuguesa e Literatura da UFSM, Ires Milena Koster e Maísa Brum. As acadêmicas propuseram ao 2º ano do curso Normal o desafio de realizar um túnel literário contemplando parte dos principais movimentos literários do país. Com o apoio da direção escolar, da professora de literatura da turma, Elaine Rama, e da professora de português e literatura aposentada da escola, Maida Brum, os estudantes aceitaram a proposta.

“O resultado desta parceria foi um sucesso, a escola deu carta branca para o projeto e os estudantes do Curso Normal não pouparam esforços e criatividade para concretizar essa vivência literária”, destacaram as acadêmicas da UFSM.

O projeto iniciou há dois meses com pesquisas sobre cada movimento literário, o qual resultou em um resumo desde o Quinhentismo até a Literatura contemporânea. Ao total, foram onze períodos e movimentos literários materializados de alguma forma e expostos no túnel.

Os visitantes puderam conhecer parte da carta do descobrimento do Brasil; expressões marcantes do movimento Barroco; detalhes da inspiração do Arcadismo e do Romantismo; os principais autores e obras do Simbolismo, Realismo e Naturalismo. Também puderam cantar o hino à bandeira, escrito por Olavo Bilac, um dos mais conceituados representantes do Parnasianismo, assim como, puderam relembrar as histórias do Sítio do Pica-Pau Amarelo de Monteiro Lobato, ou simplesmente brincar com as bolhas de sabão de Cecília Meireles. Após o Modernismo, os visitantes conheceram um pouco mais sobre a influência das Vanguardas Europeias e concluíram a viagem contemplando as formas concretas e abstratas da Literatura Contemporânea, que traz em sua bagagem tanto a originalidade, como a herança da caminhada literária brasileira.

As manifestações de apreço prevaleceram após a visita dos estudantes e professores do Cairu e dos visitantes da comunidade escolar. Além do público local, o túnel contou com a visita do Colégio Estadual Caldas Júnior, do município de Alegria, que enviou os estudantes do terceiro ano diurno para conhecer e apreciar o projeto. “Gostamos muito de tudo que vimos e tivemos a oportunidade de vivenciar, além disso, pudemos interagir com os estudantes do Cairu, o que é uma experiência integradora e gratificante. Também ficamos inspirados na ideia, e queremos fazer o mesmo em nossa escola. Esperamos que o Instituto retribua a visita”, enfatizaram os estudantes de Alegria.

A hora do conto e do cinema

Além dos movimentos literários citados, houve dois espaços alternativos: o canto da leitura e o cinema literário. No primeiro, os visitantes tiveram a oportunidade de ler trechos de obras, revistas literárias e os trabalhos escolares de outros estudantes. O Ensino Fundamental também participou de uma “contação” de histórias, já os do Ensino Médio tiveram a oportunidade de participar de um jogo literário, além de levarem para casa um livro oferecido pela Uninter Santa Rosa. Na sala de vídeo, foram transmitidos curtas de obras literárias realizadas pelos próprios estudantes do Instituto.

“Tudo foi pensado, planejado e construído de forma coletiva, pois apresentamos o resultado de uma percepção literária moldada por estagiárias e orientadoras da UFSM, pelos estudantes e professores da escola, visando o conhecimento, o encantamento, logo, o letramento literário”, finalizaram Ires Koster e Maísa Brum.

Pesquisar no site
kprixo lavagemRW AUTO SOM
CAZEARTES Palletsamgsr
mugicada paz
cine globo