AGRITECDA PAZ LUTERANAespaço coloridoHortigranjeiros sinduscomescritorio zimmermannampliar assessoria atendimento pscicologicovida & saúde 82 anosmantei advocaciaExpress Estúdio Fotográficorotativoposto royaleenphasedom boscoMetalurgica Marks
Projeto Oficina de Parentalidade
Arte: Sandrine Knopp/AscomDPERS
Arte: Sandrine Knopp/AscomDPERS
Defensoria Pública apresenta projeto Oficina de Parentalidade em Giruá

A pacificação, a reflexão e o entendimento entre o casal sobre a necessidade do convívio saudável junto aos filhos diante da ruptura do vínculo conjugal são alguns dos temas que serão apresentados na Oficina de Parentalidade promovida pela Defensoria Pública de Giruá no próximo dia 20 de outubro, às 8h30, no Salão de Convivência da Terceira Idade Conviver e Girassol (Congir) – Rua Borges de Medeiros, 95, Centro.  
 
Conforme o Defensor Público André Iglésias e Silva Borges, a Oficina de Parentalidade é uma metodologia de resolução de conflitos extrajudicial do Direito de Família que utiliza técnicas autocompositivas focadas em demonstrar a pais e filhos que a separação é apenas do casal e não da família, ajudando-os a se adaptarem à nova realidade e a superarem a ruptura do vínculo conjugal em situações como disputa da guarda dos filhos, regulamentação de visitas, pensão alimentícia, entre outros.
 
O Defensor explica ainda que o projeto Oficina de Parentalidade será executado pela Defensoria Pública em Giruá, e o evento apresentará aos conselheiros tutelares, servidores públicos municipais, agentes comunitários de saúde, professores e assistentes sociais de Giruá e de Senador Salgado Filho, além dos servidores e dos estagiários da Instituição, do Poder Judiciário e do Ministério Público, como será o seu funcionamento, as oportunidades e a capacidade desta em reestabelecer o diálogo e a harmonia familiar.
 
A apresentação da nova forma de atender à população na área de família será feita pela Coordenadora do Centro de Referência em Mediação e Conciliação da Defensoria Pública, Patrícia Pithan Pagnussatt Fan. “As oficinas aliam educação em direitos e o incentivo a cultura da paz nas famílias com o uso dos institutos da mediação e da conciliação extrajudicial”, indica Patrícia. Segundo ela, com a utilização de ferramentas que privilegiam o diálogo, são apresentados conteúdos informativos sobre comunicação não violenta, alienação parental, poder familiar e tipos de guarda.  
 
Serviço:
O quê? Oficina de Parentalidade da Defensoria Pública                                                                         
Quando? 20 de outubro (sexta-feira), das 8h30 às 12h30                                                                    
Onde? Salão de Convivência da Terceira Idade (Congir) – Rua Borges de Medeiros, 95            
Para quem? Aberto ao público em geral                                                                                                            
Outras informações: imprensa@defensoria.rs.def.br - (51) 984044502/(55) 3361-2021 ou na sede da Defensoria Pública de Giruá, Av. Cel. Braulio de Oliveira, 923.

Pesquisar no site
kprixo lavagemRW AUTO SOM
CAZEARTES Palletsamgsr
mugicada paz
cine globo