sindicato dos bancariossingular topoAGRITECDA PAZ LUTERANAespaço coloridosinduscomescritorio zimmermannampliar assessoria atendimento pscicologicovida & saúde 82 anosmantei advocaciaExpress Estúdio Fotográficorotativoposto royaleenphasedom boscoMetalurgica Marks
Beto da Silva sai do banco para garantir vitória do Grêmio sobre o Fluminense
Grêmio superou os desfalques e venceu o Fluminense na Arena | Foto: Mauro Schaefer
Grêmio superou os desfalques e venceu o Fluminense na Arena | Foto: Mauro Schaefer
Tricolor quebrou sequência de derrotas no Brasileirão e diminuiu distância para o Corinthians

O Grêmio superou os desfalques, a boa atuação de Diego Cavalieri e conseguiu vencer o Fluminense por 1 a 0 na tarde deste domingo na Arena em jogo válido pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. O único gol da partida foi marcado por Beto da Silva, que saiu do banco para garantir a vitória gremista e quebrar uma sequência de três jogos da equipe sem balançar as redes no Brasileirão.

Com a vitória sobre o Fluminense, o Grêmio chega a 46 pontos e consegue diminuir a distância para o Corinthians, que empatou com o Cruzeiro em Belo Horizonte. O Timão tem 55. O Brasileirão agora para por conta da rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo e o Tricolor só volta a campo no dia 11 para encarar o Cruzeiro na Arena.

O jogo

Cheio de desfalques por conta de suspensões, lesões e desgaste, o técnico Renato Portaluppi mandou a campo apenas cinco titulares para enfrentar o Fluminense. A equipe tinha duas atrações, a estreia de Cristian e a primeira oportunidade para o talentoso garoto Patrick iniciar como titular no plantel principal.

Mesmo com os problemas, o Grêmio iniciou a partida dominando o Fluminense. O Tricolor só não conseguiu marcar no primeiro tempo por conta da grande atuação do goleiro Diego Cavalieri, que fez quatro grandes defesas nos primeiros 45 minutos. O gol gremista poderia ter saído já aos 7 minutos, quando Ramiro recebeu lançamento de Arthur e ajeitou para Jael, que, da entrada da pequena área, chutou com muita força e mandou por cima. Depois disso, só deu Cavalieri.

Aos 13, o goleiro do Fluminense fez uma sequência de defesas incríveis. Após escanteio batido por Cortez, Jael desviou, Everton apareceu livre e cabeceou para uma defesa de muito reflexo de Diego Cavalieri. A bola ainda voltou para Everton, que tocou de novo de cabeça e mais uma vez Cavalieri defendeu mandando para escanteio. A jogada de cruzamentos parecia mesmo ser o caminho para o Grêmio. Aos 16, Everton cruzou para Ramiro, que pegou um bonito chute de primeira, mas encontrou Cavalieri bem colocado para fazer mais uma boa defesa.

O Fluminense até conseguiu equilibrar as ações do meio para o fim do primeiro tempo, mas não ameaçou Marcelo Grohe. O Grêmio balançou as redes aos 34 minutos após Léo Moura tocar de calcanhar e Patrick finalizar com maestria para finalmente vencer o goleiro do time carioca. O lance, porém, foi anulado por impedimento do lateral gremista na origem do lance.

E Diego Cavalieri ainda fez mais uma grande defesa antes do intervalo. Aos 43, o Grêmio chegou novamente em cruzamento. Dessa vez, Cortez encontrou Patrick, que cabeceou no canto, mas o goleiro do Fluminense fez o salto para mandar a bola a escanteio e manter o placar em 0 a 0.

O Grêmio voltou para o segundo tempo com Jaílson no lugar de Cristian. O estreante sentiu um desconforto na virilha e teve de ser substituído. O Fluminense fez logo no começo do segundo tempo o que não havia conseguido em toda a etapa inicial: dar trabalho para Grohe. Logo aos 6, Gustavo Scarpa fez uma bela jogada e tocou para Henrique Dourado, que ganhou de Geromel e finalizou cruzado para difícil defesa do camisa 1 gremista. Na sequência, Scarpa novamente apareceu bem. Dessa vez, ele cruzou e encontrou Reginaldo livre, mas o zagueiro mostrou pouca intimidade no ataque e cabeceou para fora.

Antes dos 10 minutos, Renato foi obrigado a fazer mais uma mudança por lesão. Patrick sentiu dores após pancada nas costas e saiu para entrada de outro garoto, Jean Pyerre. O guri mostrou personalidade. Na primeira bola recebida, ele já arriscou o chute de longe e mandou por cima do gol. Depois, aos 25, foi dele o passe que deixou Everton em condição de finalizar para mais uma defesa de Cavalieri na partida.

Apesar da boa entrada de Jean Pyerre, o Fluminense seguia perigoso. Vendo a possibilidade da vitória, o técnico Abel Braga fez mudanças no seu setor ofensivo. Marcos Jr. e Richard entraram nos lugares de Wendell e Sornoza na tentativa de ganhar fôlego para jogar em velocidade em cima da defesa do Grêmio. A resposta de Renato Portaluppi às trocas de Abel foi a entrada de Beto da Silva. O peruano ingressou no lugar do centroavante Jael, que teve uma fraca atuação e deixou o gramado sob vaias.

Com os dois treinadores fazendo mudanças no ataque, brilhou mais a estrela de Renato. Aos 41, após chute cruzado de Everton, Beto da Silva apareceu antes de Diego Cavalieri para desviar e tirar o goleiro do Fluminense da jogada. Gol, enfim.

Abel ainda tentou mais uma alteração ofensiva com o atacante Peu no lugar do meio-campista Douglas, mas foi insuficiente para sequer ameaçar Marcelo Grohe.

Brasileirão - 26ª rodada

Grêmio - 1

Marcelo Grohe; Léo Moura, Geromel, Bruno Rodrigo e Cortez; Cristian (Jaílson), Arthur, Ramiro, Patrick (Jean Pyerre) e Everton; Jael (Beto da Silva). Técnico: Renato Portaluppi

Fluminense - 0

Cavalieri; Lucas, Reginaldo, Frazan e Léo; Orejueja, Douglas (Peu) e Wendel (Marcos Jr.); Sornoza (Richard), Gustavo Scarpa e Henrique Dourado. Técnico: Abel Braga

Gol: Beto da Silva (41min/2ºT)

Cartões amarelos: Geromel (GRE); Frazan, Henrique Dourado (FLU)

Árbitro: Rafael Traci (PR)

Local: Arena do Grêmio

Fonte CP

Pesquisar no site
kprixo lavagemRW AUTO SOM
CAZEARTES Palletsamgsr
mugicada paz
cine globo