AGRITECDA PAZ LUTERANAespaço coloridoHortigranjeiros sinduscomescritorio zimmermannampliar assessoria atendimento pscicologicovida & saúde 82 anosmantei advocaciaExpress Estúdio Fotográficorotativoposto royaleenphasedom boscoMetalurgica Marks
CHIPAGEM DE CAVALOS É REALIDADE EM SANTA ROSA
CHIPAGEM DE CAVALOS É REALIDADE EM SANTA ROSA
CHIPAGEM DE CAVALOS É REALIDADE EM SANTA ROSA
Negociações estão sendo realizada para que o Exército possa abrigar como lar temporário os animais

A Secretaria de Desenvolvimento Sustentável, através do Programa Bem Estar Animal, promove uma campanha de conscientização e responsabilização para criadores de cavalos em área urbana do Município, com apoio da Secretaria de Desenvolvimento Rural e da PATRAM/Brigada Militar.

O Prefeito Alcides Vicini determinou que os setores competentes da Prefeitura agissem para atender uma solicitação do Comandante da Polícia Rodoviária da Brigada Militar de Santa Rosa, Sgto. Antônio Marcos Goulart, que mostrou-se preocupado com os últimos fatos e acidentes causados por cavalos na rodovia, no entorno do perímetro urbano. Para evitar um acidente mais grave, com risco de vida aos condutores de veículos que utilizam a rodovia, foi montada uma força-tarefa desde o mês de maio deste ano, com as secretarias municipais e com apoio da Patrulha Ambiental da Brigada Militar, com atuação em operações especiais para chipagem e controle dos animais que foram encontrados no entorno e próximos às rodovias.

Em torno de 25 animais foram chipados até hoje e a operação irá continuar. Além dessa medida que visa fazer o controle de propriedade dos animais, com possível identificação de seus donos caso o animal se solte e fuja ou seja roubado, ainda foi promovida uma conscientização e orientação sobre os cuidados necessários que se deve ter com os animais de grande porte, como os cavalos, principalmente no convívio social no meio urbano.

O Programa Bem Estar Animal, da Secretaria de Desenvolvimento Sustentável foi instituído no Município por força de lei e deve ser observada a lei no trato com os animais, sejam domésticos ou mesmo os domesticados, e de qualquer porte. A colocação de microchip com a identificação de endereço e nome do proprietário é obrigatória desde a entrada em vigor da lei. Portanto, quem for proprietário de animais deve cumprir a lei e promover o cadastramento junto ao Departamento de Meio Ambiente da Prefeitura Municipal.

“Ainda, estamos promovendo outras medidas complementares à atividade das ONGs Amigan e Focinho Amigo, que prestam um importante e relevante trabalho junto ao Poder Público e à comunidade, trabalhando de forma ativa e voluntária no cuidados com animais em situação de vulnerabilidade e maus tratos”, conta o Secretário Marcos Scherer. Foi adquirido um veículo pick up para o transporte dos animais apreendidos ou recolhidos, foi construída uma casa de passagem para servir de lar temporário, entregues 100 chips e um leitor para cada uma das ONGs, que prestam o serviço para a chipagem dos animais domésticos por elas atendidos e designado um servidor do Município para coordenar o Programa e dar o apoio necessário a operacionalização do programa.

CONTRATAÇÃO DE CLÍNICA VETERINÁRIA
“Agora, está em andamento um processo administrativo para a contratação de uma clínica veterinária para então completar o sistema de atendimento ao Programa Bem Estar Animal e acreditamos que em poucos dias tudo estará implementado e operando de forma plena. Essa clínica, que precisava ser uma pessoa jurídica por força de lei, até então não existia em Santa Rosa, mas recentemente um médico veterinário promoveu a abertura de uma clínica que se habilitou então para prestar o atendimento para o Município também, disse o Secretário.

PARCERIA COM O 19º RCMEC
Também está em tratativas a possibilidade de uma parceria com o 19º RCMEC e a Promotoria Especializada do Ministério Público, por iniciativa do Secretário Marcos Scherer, para que o Exército possa abrigar como lar temporário os animais de tração, ou seja, os cavalos e assemelhados, que sejam apreendidos em situação vulnerável e de precariedade de saúde, para que possam ser recuperados pelos militares do Regimento e, posteriormente, serem levados à doação para interessados em adotar desses animais.

“Estamos apenas aguardando a designação de audiência entre os órgãos por parte da Promotora para que possamos ajustar os detalhes”, comenta Scherer

Pesquisar no site
kprixo lavagemRW AUTO SOM
CAZEARTES Palletsamgsr
mugicada paz
cine globo